A fralda ideal para cada fase do bebê - Mais Abraços
  • Frete grátis acima de R$150 (Sul e Sudeste)
  • Pague em até 3X no cartão de crédito(acima de 150 reais)
  • Minha Conta
  • Meu chá
  • Assinatura

A fralda ideal para cada fase do bebê

Fralda é tudo igual, certo? Errado! Se você acha que basta comprar o tamanho apropriado que está tudo resolvido, é melhor saber: há muitos fatores que devem ser considerados na hora de escolher a melhor fralda para o seu filho. Alergias, vazamentos, desconforto... esses são só alguns dos problemas que podem acontecer quando você não dá atenção para a escolha correta desse item.

A seguir, veja algumas dicas do que observar de acordo com cada fase.

No começo

Enquanto o bebê se alimenta apenas de leite, o cocô tende a ficar mais amolecido, às vezes até um pouco líquido. Por conta das gorduras e da lactose (açúcar) do leite materno, muitas vezes você vai ser surpreendido por fezes um pouco “explosivas”. Por isso, para evitar vazamentos, tanto nas laterais quando pelas costas, as fraldas devem ter um formato bem anatômico, para se ajustarem melhor ao corpo, principalmente à cintura e às pernas.

“Além disso, a fralda deve possuir uma cobertura suave com toque de algodão, além de laterais mais macias que não agridem a pele do bebê”, recomenda a pediatra Karina Weinmann, da clínica Neuro Linder (SP). Vale lembrar que no caso de prematuros, que têm a pele ainda mais sensível, o cuidado na escolha da fralda deve ser redobrado, especialmente em relação aos materiais e à suavidade no contato.

No começo, você pode ter um pouco de dificuldade em identificar o momento de trocar as fraldas, pela falta de experiência. Mas algumas marcas possuem indicador de umidade, com uma faixa externa que revela a hora da troca ao mudar de cor. Costuma ajudar bastante no início.

Quando a comida entra em cena

Conforme o bebê passa a se alimentar de outros alimentos além do leite, o que começa a partir dos seis meses, as fezes ganham maior consistência. Com uma textura mais sólida, não é preciso se preocupar tanto com os vazamentos. Por isso, na hora de escolher a fralda durante essa fase, a palavra de ordem é: conforto. Veja qual modelo deixa o seu bebê mais à vontade e não irrita a pele dele!

Hora de engatinhar

Quando seu filho começar a se engatinhar para cá e para lá, é ainda mais importante evitar que uma fralda inadequada atrapalhe os movimentos dele. “Existem modelos com elástico na cintura e na virilha, que promovem maior mobilidade e evitam vazamentos”, recomenda Karina.

Os modelos de vestir, que a criança coloca como se fosse uma roupinha, geralmente são mais confortáveis também. Porém, enquanto seu filho não conseguir ficar de pé, estável, podem dar mais trabalho para serem colocadas. Por isso são recomendadas apenas a partir de 1 ano.

Para os dias de calor

“No verão, quando os bebês podem transpirar mais, o ideal é evitar as fraldas que possuem partes plastificadas, que podem causar dermatite quando em contato com a pele”, alerta a pediatra Cláudia Falcetta, da Rede de Hospitais São Camilo (SP). Para curtir o mar ou a piscina, as fraldas impermeáveis, que impedem o contato da urina e das fezes com o meio ambiente, são muito eficientes. Porém precisam se trocadas com maior frequência – não dá pra deixar seu filho com a fralda encharcada.

Em caso de assadura

Há alguns modelos de fraldas descartáveis respiráveis que diminuem a chance de a dermatite de contato aparecer ou de o bebê ter algum tipo de reação alérgica. “Se houver qualquer sinal de alteração da pele na região coberta pela fralda, deve-se evitar o uso de lenços umedecidos, que muitas vezes contêm perfume, álcool ou produtos abrasivos que podem irritar ainda mais a área afetada”, explica Karina. Você também pode aplicar pomadas preventivas de assaduras, que criam uma barreira física, ajudando a pele a se refazer.

Buscar