As promessas que você deve fazer antes de o seu filho nascer - Mais Abraços
  • Frete grátis acima de R$150 (Sul e Sudeste)
  • Pague em até 3X no cartão de crédito(acima de 150 reais)
  • Minha Conta
  • Meu chá
  • Assinatura

As promessas que você deve fazer antes de o seu filho nascer

Quando viramos pais, nos esquecemos de nós mesmos. Mas é importante ter um tempo para cuidar de si – não só fisicamente, como também mentalmente, pois o cansaço pode ser extremo nos primeiros meses do bebê. “O amor pelo recém-nascido é tão grande e ele exige tantos cuidados que é fácil se esquecer de si mesmo, a tendência é sempre colocar a criança em primeiro lugar. No entanto, desta atitude surgem o cansaço por não se permitir descansar, a frustração (por aparentemente ter de adiar ou até mesmo esquecer sonhos ou conquistas pessoais), baixa autoestima e problemas de relacionamento com o parceiro. É importante a mulher entender que, olhando para si, ela se fortalece, pode respirar, pode sonhar e, por conta disso, estar mais plena para se dedicar aos filhos e à família”, defende a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini.

É natural sentir como se a vida tivesse virado de cabeça para baixo depois da chegada de um filho. São muitas transformações, tanto na rotina quanto internas, de sentimentos. “Será necessária, sim, uma atualização em sua rotina, seus hábitos e até mesmo em suas relações. Mas esteja atento ao seu bem-estar, aos seus sentimentos e sensações, pois somente estando bem, verdadeiramente, você poderá ser a mãe ou pai que deseja”, reforça a psicóloga Karla Cerávolo, diretora da Organização De Umbiguinho a Umbigão e da Sociedade de Psicologia Perinatal e Parental do Centro Oeste.

É muito fácil deixar a rotina de cuidados e cansaço tomar conta após a chegada do bebê – e o automático comanda sua vida. Então, para que os pais não esqueçam de cuidar de si mesmos, vale fazer algumas “promessas” pessoais antes de o bebê nascer, para se comprometerem com vocês mesmos. Escrevam suas listas, colem post-its, programem lembretes no celular e acrescentem novos itens mesmo depois do nascimento!

1)Ter um tempinho para si todos os dias: nem que seja 15 minutos para tomar um café sozinho ou um banho gostoso, ler um livro, praticar meditação...
2) Não passar o dia de pijama, tomar uma ducha com calma, não deixar a depilação por fazer (se este é um costume seu), se maquiar sempre que possível (se você gosta e costuma fazer isso)...
3) Encontrar os amigos: não dá para ser com a mesma frequência de antes, mas por que não se organizar para almoçar com eles uma vez por mês?
4) Ter um tempo para o casal: estabeleça um dia fixo da semana ou a cada 15 dias para um vale-night. Contrate uma babá ou deixe os filhos com os avós, padrinhos ou outra pessoa de confiança. E por que não pensar em, uma vez por ano (nem que seja só um fim de semana), fazer uma viagem de casal ou com os amigos?
5) Dar uma escapadinha de casa antes dos 3 meses do bebê: nesse período em que ele não pode ir a todo lugar, é natural que a mãe se sinta presa. Prometa que você vai sair sem ele para fazer alguma coisa, como ir ao salão ou dar uma volta no parque.
6) Voltar a ter vida social: não deixe isso de lado e frequente aniversários, festas e afins, com e sem o filho.
7) Prometa que vai delegar e pedir ajuda: de uma funcionária, da mãe, do(a) companheiro(a), enfim, tenha desde já a consciência de que não dá – nem precisa – dar conta de tudo sozinho(a).
8) Conversar ao menos 15 minutinhos por dia com o(a) companheiro(a) sobre assuntos que não sejam os filhos. Vocês podem combinar de a conversa acontecer sempre quando o bebê dorme à noite.

Buscar