Meu bebê caiu acidentalmente

Tombos e quedas dos bebês. O que fazer?

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Sexta-feira 11 Setembro, 2020 // #seguranca, #cuidados, #saude

TOMBOS E LESÕES ENVOLVENDO OS BEBÊS. O QUE FAZER?

A prevenção é a melhor aliada para cuidar do seu bebê, mas, por mais do que queiramos protegê-lo, existem acidentes que não podemos evitar. Por isto, é muito importante que esteja preparada para saber o que fazer caso seu pequen@ sofra algum tombo ou se machuque.

As quedas são classificadas de acordo com o tipo de ferida que se manifesta:

  • Aberta: quando a pele é rompida e causa sangramento;
  • Fechada: quando um hematoma ou afundamento aparece na área lesionada.

Como em qualquer situação inesperada, fique calma. Ficar chateada não irá ajudar em nada a resolver o que está acontecendo. Então, se o seu bebê bater a cabeça ou cair, após o susto que você vai levar, respire fundo e rapidamente se aproxime dele para verificar.

 

  1. Verifique se ele está chorando, pois isto indica que suas funções vitais estão presentes.
  2. Em caso de sangramento, pressione a ferida com gaze, toalha ou pano.
  3. Se houver apenas uma saliência, coloque gelo, de preferência amassado em um saco plástico ou em um pedaço de pano.

Meu bebê caiu acidentalmente

Em que casos devo levá-lo imediatamente ao médico?

  • Se a ferida for grande ou não parar de sangrar.
  • Se você perceber qualquer afundamento na área do impacto (mesmo que mínimo).
  • Se ele vomitar sem forçar (isso é chamado de vômito projétil).
  • Se ele teve convulsões ou problemas de coordenação.
  • Caso tenha ficado inconsciente no momento do golpe ou da queda, mesmo que por um momento.

Em relação ao choro do seu filho, também existem vários pontos que você deve verificar para afastar um espasmo de soluços, que é uma pausa na respiração quando ele chora (comumente conhecido como privação de si mesmo) que deixa seus lábios roxos ou azulados. Em casos graves, isto pode causar desmaios, convulsões ou asfixia.

Se o espasmo for normal, deixe-o recuperar o fôlego sozinho. Do contrário, se a falta de ar fizer com que ele desmaie:

  • Deite-o de lado e remova cuidadosamente quaisquer objetos de sua boca;
  • Espere que ele recupere o fôlego e chore como de costume;
  • Nunca o sacuda ou coloque em uma banheira com água para "recobrar a consciência".

Como tudo relacionado à saúde e bem-estar de seu bebê, mantenha-se sempre em constante comunicação com o médico. Seus primeiros meses são cruciais para seu desenvolvimento futuro.