Mãe viajando de avião com seu bebê no colo

Como viagem de avião com o seu bebê com segurança e tranquilidade?

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Sábado 4 Janeiro, 2020 // #seguranca, #bebe, #dicas

Às vezes viajar com um bebê ou uma criança pequena pode representar a combinação perfeita de problemas. Por isso, daremos 5 dicas que ajudarão você a fazer do seu voo um verdadeiro passeio nas nuvens.

1. Certifique-se de deixar tudo pronto para a hora do voo

Dias antes do seu voo você deve certificar-se de ter em um só lugar as passagens de avião, passaportes ou identificações e, a bagagem de mão organizada, ou seja, a mala pequena ou mochila que você levará consigo a bordo do avião. Consulte na página web ou linha de atenção da companhia aérea o que está permitido levar nela e quais são as restrições para líquidos ou objetos como mamadeiras e comida para bebês.

2. Planeje o tempo com sabedoria

Lembre-se que, ainda que você possa fazer check-in on-line e imprimir o cartão de embarque desde casa, você terá que documentar a bagagem ou passar pelos filtros de segurança. Às vezes, sobretudo em temporada de férias, as filas podem ser muito longas e com crianças pequenas toma um pouco mais de tempo. Se o seu voo for internacional, assegure-se de estar no aeroporto pelo menos 3 horas antes da hora de saída do voo, desta maneira você poderá fazer tudo o que tiver que fazer sem correria.

3. Consulte o seu pediatra para as recomendações durante o voo

Às vezes a pressão que é gerada na cabine do avião durante o voo pode afetar os ouvidos dos bebês ou das crianças pequenas, fazendo que sintam muita dor. Antes da viagem consulte com o seu pediatra o que você pode fazer para aliviar este mal-estar caso o seu filho o apresentar. Ele é o mais indicado para recomendar um medicamento que ajude o seu bebê.

Mantendo a calma durante o vôo

4. Transmita tranquilidade para seu bebê

As turbulências, assim como o momento da decolagem, podem dar um pouco de medo, assim que quando ocorrerem anime as crianças a vê-las de uma maneira divertida. Lembre-se que os adultos são um indicador emocional para as crianças e, assim como os passageiros olham para a tripulação para se tranquilizar nestes momentos, as crianças pequenas olham para os seus pais.

5. Dica para tranquilizar o bebê inquieto

Se o seu filho não conseguir se acalmar durante o voo, peça a uma pessoa da tripulação que reacomode você nas filas posteriores do avião, onde geralmente há mais lugares vazios. Um pouco de espaço pode ajudar a ambos a ter um melhor voo. Você pode, também, levantar-se para esticar as pernas e embalar o seu bebê, neste caso deverá esperar a autorização da tripulação.