Bebê prestes a pronunciar as primeiras sílabas com babador sorrindo para as cameras

3 dicas úteis para estimulacao o seu bebê a falar

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quinta-feira 3 Dezembro, 2020 // #estimulacao, #bebe

Os bebês não precisam de aulas para aprender a falar, mas desde que aparecem os sinais de que estão a ponto de dizer as suas primeiras palavras, é importante começar a estimular a sua comunicação.

Tenha presente que alguns bebês começam a falar antes do que outros, isto está relacionado com o ritmo do seu próprio desenvolvimento e inclusive com a personalidade que estão começando a desenvolver, assim que, ainda que você esteja impaciente por escutar a sua primeira “mamãe”, você deve ter muita paciência e carinho.

Entre os 6 e 12 meses o seu bebê começará a “conversar”, ou seja, começará a imitar as conversas dos adultos balbuciando e com alguns monossílabos, como “da-da” ou “na-na”. Mas, geralmente é até o final do primeiro ano quando começam a dizer as suas primeiras palavras completas. E uma vez que comece, não parará!

O seu bebê já está falando

Próximo dos dois anos o seu bebê será capaz de aprender até 2 palavras novas por dia, e quando fizer os cinco anos já estará utilizando aproximadamente 10% do vocabulário que dominará na idade adulta. Assim que nunca é muito cedo para começar a fortalecer o desenvolvimento da linguagem.

Deixamos 3 dicas úteis para estimular seu bebê a falar

• Fale muito com ele!

Nesta etapa o seu bebê aprende escutando você. Tente inclui-lo nas conversas e se estão sozinhos, simplesmente descreva para ele o que estão fazendo nesse momento. Depois faça uma pausa e escute o que ele quer falar.

• Descreva para o seu bebê o mundo a seu redor

Nomeie os objetos cotidianos indicando-os e chame as pessoas pelo seu nome. Quanto mais palavras novas o seu bebê escutar, mais rápido irá querer começar a nomeá-las.

• Permita que o seu bebê crie a sua própria linguagem

Nesta etapa você não deve se preocupar por coisas como a pronúncia, já haverá tempo para isso. Agora, o importante é não o limitar e o motivar a que conte para você tudo que quiser contar.