Quarto com bebê dormindo sozinho

Os detalhes que fazem a diferença na hora de ensinar o bebê a dormir sozinho

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 25 Março, 2020 // #desenvolvimento, #estagios, #crianca, #cuidados, #bebe

A mudança para o berço é um processo gradual que deve respeitar as necessidades individuais da criança. Alguns deixam o berço aos dezoito meses, enquanto outros ficam até próximo de completarem quatro anos. Seja porque está pronto para dormir em uma cama ou porque se aproxima a chegada de um novo bebê, é importante dar este passo antes de que se converta no novo irmão mais velho.

Fazer com que o bebê durma sozinho é um processo longo que exige muito treino e paciência de pais e filhos. Daremos aqui alguns conselhos que podem ajudar você neste processo delicado de desenvolvimento de bebês e crianças:

  • Explique para ele que agora que cresceu é importante que tenha o seu próprio quarto, tal como os seus primos mais velhos ou como crianças mais velhas que ele conhecer.
  • Antes de que comece a dormir todas as noites no seu novo quarto passem tempo nele. Permita que ele se familiarize com o seu novo espaço, seja porque já tem idade para ajudar você a decorá-lo ou que possam passar um momento brincando durante o dia.
  • Assegure-se de ir passando os seus brinquedos favoritos aos poucos, desta maneira estará rodeado das coisas das que mais gosta e entenderá que este é o seu novo espaço para dormir e guardar as suas coisas: ensine a ele que esse é o lugar onde estarão as suas roupas e os seus brinquedos.

Seu quarto um lugar seguro

Detalhes que fazem a diferença no quarto do seu filho

  • Deixe tudo organizado: Uma caixa de bom tamanho ajudará você a ensinar ao seu filho a ser organizado, usem-na para guardar os brinquedos depois da hora de brincar.
  • Deixa os livros ao alcance: procure organizá-los em uma prateleira ou estante de pouca altura, de modo que o seu bebê os tenha ao seu alcance.
  • Crie um ambiente seguro: Deixe uma luminária de luz tênue que permaneça acesa toda a noite, desta maneira evitará acidentes se ele entrar no seu quarto ou se ele quiser sair durante a madrugada.
  • Mantenha a porta encostada: assegure-se de que a porta esteja sempre aberta e de que não seja possível fechar por dentro
  • Proteja seu filho de choques elétricos: Além de verificar que os móveis e as instalações elétricas sejam absolutamente seguros para ele.

Cada criança é diferente, por isso que é normal se o seu bebê se incomodar com as mudanças, mas rapidamente superará a sua necessidade de estar no berço e fará a transição para a cama no seu próprio ritmo.