Saleiro de vidro

Afinal, o bebê pode consumir sal e açúcar?

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quinta-feira 19 Março, 2020 // #alimentacao, #saude, #bebe

Embora nenhum alimento seja prejudicial se for consumido de maneira equilibrada, não é recomendável acrescentar açúcar e sal à alimentação do bebê antes dos três anos, pois poderiam se acostumar rapidamente a estes temperos e com o tempo precisar cada vez mais para perceber os sabores dos alimentos.

Além disso, as crianças pequenas preferem os sabores doces, por isso uma dieta com muito açúcar poderia levar que se recuse a provar novos sabores.

O papel do açúcar e carboidrato no desenvolvimento do bebê

Os carboidratos proporcionam para o seu bebê as calorias que precisa para ter energia. Porém, o açúcar refinado é um carboidrato com “calorias vazias”, isto é, quando o seu filho o consome em forma de balas, bolos, refrescos ou sucos processados, se enche rapidamente de energia, mas não de nutrientes.

Ao contrário, quando consome outra classe de carboidratos como cereais integrais, leite, verduras com amido (como a mandioca ou a batata), legumes e frutas, se enche de calorias que lhe dão energia, e, também, vitaminas, minerais e proteínas; nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê.

Se você quiser acrescentar doçura a sua dieta as frutas são a sua melhor opção, já que contêm açúcares naturais em forma de frutose e glucose; que darão energia e nutrientes ao seu bebê. Isto não significa erradicar por completo as balas, caramelos ou chocolates, está bem consumi-los, mas sempre com moderação.

Que alimentos devo dar ao meu bebê

O sal e o sódio na alimentação do seu bebê

Tenha em conta que os rins do seu bebê continuam se desenvolvendo, por isso que não é recomendável acrescentar sal aos seus alimentos, pois ainda não estão prontos para filtrar grandes quantidades de sal.

O sódio, presente no sal, é um nutriente essencial para a transmissão dos impulsos nervosos e para o funcionamento normal das células. Mas, o sal não é a única fonte de sódio, este mineral está presente naturalmente em alimentos como o leite e a carne, assim como em frutas e verduras.

O sal e o açúcar não são maus por si mesmos, o que é mau para a saúde é consumi-los em quantidades excessivas. Lembre-se que uma dieta balanceada que inclua alimentos nos quais o sódio e os carboidratos estejam presentes de forma natural, é o melhor para que o seu bebê tenha toda a energia que precisa para crescer saudável e continuar explorando o mundo.

Se você tiver dúvidas sobre a sua nutrição consulte o seu pediatra, ele é o mais indicado para ajudar você.