A icterícia no bebê é normal?

Icterícia nos bebês recém-nascidos

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 7 Outubro, 2020 // #recem-nascido, #cuidados, #saude

Tudo o que você deve saber sobre a icterícia

A icterícia fisiológica é o nome médico dado à coloração amarela que aparece na pele, mucosa oral e olhos do recém-nascido; é um processo que ocorre de forma natural no organismo do seu bebê e que pode durar entre duas ou três semanas.

Você não precisa se alarmar, pois é uma condição completamente normal pela qual passam todos os bebês e que costuma aparecer nos primeiros dias de vida, em geral entre o segundo e o terceiro dia.

Por que acontece?

Quando o seu bebê está crescendo no seu ventre, vive no líquido amniótico. Neste líquido há muito pouco oxigênio, considerando que ele precisa de uns 7 milhões de glóbulos vermelhos para obter o oxigênio necessário para o seu desenvolvimento. Uma vez que o seu bebê chega ao mundo, começa a receber oxigênio do ar e o seu organismo começa a eliminar o excesso de glóbulos vermelhos, os mesmos que quando se rompem liberam uma substância chamada bilirrubina.

O fígado é o órgão encarregado de eliminar esta substância, mas como o fígado dos bebês ainda continua se desenvolvendo, a bilirrubina se concentra na pele, dando uma cor suavemente amarelada que aparece primeiro no rosto e, depois, no abdômen, braços e pernas.

Não fique alarmado com a icterícia

Se a icterícia aparece no momento de nascer ou a coloração amarela na pele do seu bebê é muito intensa e dura mais de duas semanas, o seu pediatra pode realizar um exame para verificar que os níveis de bilirrubina estejam dentro dos parâmetros normais.

Nos bebês prematuros ou nos que nascem com baixo peso a icterícia pode ser mais evidente, mas é importante que você saiba que se trata de um processo que é absolutamente normal e que forma parte do seu desenvolvimento. Consulte o seu pediatra, ele saberá resolver todas as suas dúvidas da melhor maneira.