Dicas para evitar fumar cigarros na gravidez

Grávidas fumantes: riscos e alternativas

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #cuidados, #gravidez, #bebe

Abandonar o cigarro durante a gravidez é uma tarefa que corresponde tanto ao pai como à mãe. Ambos são responsáveis pela nova vida que está surgindo e devem parar de fumar, para contribuir para a boa saúde e um desenvolvimento saudável do bebê. As grávidas fumantes podem chegar a afetar a saúde de toda a vida do seu filho.


Grávidas fumantes: a ajuda da mudança hormonal

Durante a gestação, o organismo da mulher será um grande aliado para superar o vício ao tabaco. Com as mudanças hormonais, é produzida uma alteração no olfato, que potencializa os cheiros do ambiente. Em consequência, é muito provável que o cheiro do cigarro resulte um incômodo. Além disso, as náuseas e os vômitos ao começo da gravidez, também diminuem a vontade de fumar.


Um plano ideal para parar de fumar

Outra alternativa para não fumar, é seguir um programa especial, idealizado por especialistas em tratamentos para parar de fumar. Basicamente, se trata de seguir estes seis passos:

Anote cada vez que você fuma

  • Em que situações você fuma.
  • Alternativas, isto é, o que você pode fazer ao invés de fumar.
  • Estabeleça um plano.

Escreva as suas razões para querer parar de fumar

  • Pelo menos uma razão para você e uma para o bebê.
  • Calcule quanto você economizará se parar de fumar e imagine com o que pode usar esse dinheiro.

Estabeleça objetivos

  • Escreva em um papel como você os conseguirá.
  • Lembre-se por que você quer parar de fumar.
  • Consulte os seus objetivos com frequência para se lembrar deles.

Decida que dia irá parar de fumar: escolha um dia que você ache importante. Não troque o dia!

  • Peça aos fumantes que mostrem consideração e não fumem perto de você.

Prepare-se bem

  • Faça algo por você e pelo seu bebê (exercícios de relaxamento, natação, passear, tomar banho, ir ao cinema).
  • Averigue quais situações ou pensamentos colocam o parar de fumar em perigo. Se existe algum deles, elimine-o ou procure formas de reagir diante dele.
  • Não se renda, ainda que você tenha uma recaída.

Você parou de fumar!

  • Parabéns por parar de fumar!
  • Lembre-se por que você queria parar.
  • Como você acha que o seu bebê se sente agora?
  • Proteja-se e crie um ambiente que proporcione segurança e bem-estar para vocês.
  • Se você sentir estresse e inquietude, é um sinal de que o seu corpo está se adaptando à falta de nicotina.
  • Tenha ao alcance das mãos uma fruta ou água, para quando tiver vontade de fumar.
  • Faça exercícios regularmente.
  • Utilize a sua energia positivamente. Está tudo preparado para o bebê?
  • Você começou a construir para si mesma e para o seu bebê um bom futuro, isso é o que importa.