Sono excessivo durante a gravidez

Estar grávida é um sonho, literalmente.

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #estagios, #maternidade, #saude

ESTAR GRÁVIDA É UM SONHO, LITERALMENTE

O sonho pode mais que você

Nos primeiros meses de gravidez, o cansaço vai tomar conta de você. Tem até mulheres que descobrem que estão esperando um filho por causa do cansaço que sentem! Você sabia? Isto ocorre porque seu coração está trabalhando mais para levar sangue ao bebê. Você poderia dizer que tanto amor também tira sua energia, beleza e interesse ao mesmo tempo.

Observe ainda que alguns sintomas da gravidez, como náuseas e vômitos, podem tirar suas forças, enquanto outros, como azia e a necessidade constante de ir ao banheiro, podem perturbar seu sono. Além disto, para variar, não podemos esquecer os hormônios, que, com o aumento da progesterona, vão deixá-la sonolenta.

De onde vem tanto sono? Tudo tem uma explicação. Dizemos que pode ser em virtude de:

  • Dores nas costas;
  • Não encontrar a posição certa, em virtude do tamanho do seu abdômen;
  • Cãibras nas pernas;
  • Coceira;
  • Acidez estomacal;
  • Ansiedade;
  • Movimentos do bebê.

Agora tudo faz sentido, não é? É por isto que você se sente como se tivesse corrido uma maratona ou como se estivesse acordada por mais de 24 horas – nós sabemos, pois já estivemos em seu lugar.

É normal sentir-se cansada, mas se for muito, pode ser um sintoma de falta de ferro, que pode se transformar em anemia. Consulte seu médico para fazer um exame de sangue e verificar isso. Recomendamos repeti-lo ao final do segundo trimestre e no início do terceiro trimestre.

Outro sintoma de fadiga e falta de sono é a depressão. Se você se sente oprimida, triste, perde a concentração com frequência ou pensamentos negativos passam pela sua cabeça, buscar ajuda é sempre uma boa opção. O importante é compartilhar suas emoções com as pessoas que estão perto de você, assim como com seu médico.

Foto em preto e branco deitado na cama

Descrição gerada automaticamente

Agora, contrariar essa fadiga quase extrema não é nada de outro mundo, basta levar estas dicas em consideração:

  • Alimente-se de forma saudável: Agora você precisa de mais carboidratos para ter mais energia, mas cuidado com seus desejos! Coma saudavelmente, incluindo em sua dieta frutas, vegetais e iogurte pasteurizado;
  • Hidrate-se: Beba muita água e limite o consumo de café e refrigerantes. Evite líquidos por algumas horas depois de ir para a cama para não ir muito ao banheiro durante a noite;
  • Descanse: Preste atenção ao seu corpo, tire pequenos cochilos durante o dia. Se você trabalha, encontre uma sala ou um lugar onde possa deitar-se por alguns minutos;
  • Reduza o estresse: Esqueça os compromissos sociais desnecessários e a limpeza extrema em casa. Se você trabalha, procure a possibilidade de reduzir sua jornada;
  • Exercício: Caminhe de 20 a 30 minutos por dia. Faça também exercícios de alongamento e respiração;
  • Aproveite a sua cama: Use-a para atividades agradáveis, como dormir, ler ou assistir a séries e maratonas de filmes;
  • Relaxe: Crie uma rotina que lhe permita relaxar e que você possa fazer todas as noites antes de dormir, como ler, meditar ou tomar um banho reconfortante.

 

Seja paciente. Normalmente, no segundo trimestre, os níveis de energia se estabilizam. Pense nessas noites como um exercício para quando você finalmente segurar seu bebê.