Dor de cabeça e enxaqueca durante a gravidez

Cefaléia na gravidez

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gravidez, #cuidados, #gestacao, #saude

A cefaleia é tão comum fora da gravidez como na mesma. Durante a gestação, tendem a piorar todos os sintomas neurológicos. As causas não são bem conhecidas, mas estariam vinculadas às mudanças da circulação sanguínea no organismo, junto com as mudanças em todo o sistema nervoso e não somente ao sentir dor.

Causas da cefaleia na gravidez

dor de cabeça na gravidez pode estar relacionada às mudanças de níveis hormonais e ao aumento do volume e circulação de sangue. Também estão relacionados com a postura e a tensão de carregar um peso extra.

Dentro das causas possíveis, estão as infecções de faringe, ouvidos e a sinusite, a febre, a tensão psíquica e as doenças graves do sistema nervoso, como a meningite, os tumores, as hemorragias, etc.

Se você já sofreu de forma regular de cefaleia simples ou de enxaquecas, é conveniente que consulte o seu ginecologista sobre qual é o medicamento correto para tomar estando grávida, para evitar o risco de malformações fetais e de complicações da gravidez.

Para o tratamento da cefaleia simples, em geral, é suficiente uma massagem ou ducha, deixando cair água quente sobre o pescoço e ombros (uma vez que, em geral, há algo de contratura, ao menos de forma secundária, na cefaleia) ou, inclusive, com bolsa de água quente no pescoço, quando a contratura ou a dor no mesmo é forte.


Para aliviar a dor, você também pode tomar analgésicos, como paracetamol, mas sempre é melhor que consulte o seu médico antes de tomar algum medicamento.


Caso a cefaleia inicie subitamente e seja intensa, que acorde você pela noite, que seja acompanhada por fotofobia (intolerância à luz), rigidez da nuca, febre ou a sensibilidade no corpo, é razão suficiente para ir a uma consulta de imediato com o seu médico, porque pode ser algum problema mais grave do que uma simples dor de cabeça.