Nutrição na gravidez por trimestre

A pirâmide alimentar ajuda a manter alimentação saudável

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Sábado 4 Janeiro, 2020 // #gravidez, #alimentacao, #saude, #dicas

A gestação é o melhor período para novos hábitos alimentares que devem permanecer após o parto, proporcionando melhor qualidade na alimentação de gestante, bebê e filhos.

Uma alimentação balanceada fornecerá os nutrientes necessários à mãe durante a gestação se tornando assim, peça chave para a nutrição do feto via placenta, que depende destes nutrientes para crescer e se desenvolver com saúde, além de servir como reserva de energia e gordura para amamentação.

A alimentação durante a gestação deve ser variada, balanceada e completa, com o objetivo de fornecer os nutrientes necessários ao desenvolvimento saudável do feto e à mãe.

A seguir, abordaremos quais grupos de alimentos da pirâmide alimentar devem ser consumidos em maior ou menor quantidade.


Nutrição na gravidez: alimentos a serem consumidos em maior quantidade 

  • Pão e cereais: cereais integrais sem processar nem refinar, pão integral, arroz e massas. Estes alimentos fornecem ao organismo: carboidratos complexos, energia, ferro e outros minerais, proteínas, vitaminas do complexo B, fibras e amidos. São encontrados principalmente em: pão ou torradas, bolos, biscoitos tipo água e sal, cereais prontos para consumir ou em preparações cozidas, massas e arroz cozido.
  • Frutas e vegetais: fornecem energia, ferro, cálcio e outros minerais, vitamina C e outras vitaminas, açúcares e fibra; e são encontrados em abundância nos vegetais ricos em amido como a batata, abóbora, cenoura, grãos, ervilha, batata doce e milho. E em frutas e vegetais com alto conteúdo aquoso: tomate, aipo, abobrinha, couve-de-bruxelas, espinafre, repolho, brócolis, couve-flor, alface, brotos de soja, alfafa etc. E, finalmente, legumes como o feijão seco, ervilha e lentilha. 

Nutrição na gravidez: alimentos a serem consumidos com moderação

Carne magra bovina, porco, frango, peixe, ovos, nozes de todo tipo – crianças menores de 5 anos não devem comer nozes inteiras, os bebês antes dos 12 meses não devem comer nozes nem moídas – leite, queijos, iogurte e tofu: queijo de leite de soja. Estes alimentos proporcionam: gorduras, energia, proteínas, vitamina A, vitaminas do complexo B, vitaminas C, D e E, cálcio, ferro e zinco. 

Nutrição na gravidez: alimentos a serem consumidos em menores quantidades

Gordura de porco, margarina, óleos e açúcar. Fornecem vitaminas A e D e energia.