Como a raiva afeta na gravidez

Controlando o estresse na gravidez

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 7 Outubro, 2020 // #bebe, #gravidez, #saude

Que o estresse não afete você e o seu bebê

Todos vivemos estressados e, não minto, quando digo que o estresse é um dos mal-estares mais comuns na atualidade que, infelizmente, também tem implicações na gravidez. Mas, não se preocupe, nós estamos com você para combater a este mal do século XXI. Sem importar qual é a causa de seu estresse, o melhor é não o aumentar, mas controlá-lo em benefício do seu bebê.

“Alguns estudos indicam que o estresse que a mãe sofre pode afetar a saúde física e mental do bebê, já que estes hormônios atravessam a placenta”.

Da mesma forma, aborto espontâneo, parto prematuro e baixo peso ao nascer, são outros dos efeitos associados com o estresse intenso. Por tudo isso, é muito importante reduzi-lo o máximo que for possível. Compartilhamos, aqui, o que nos ajudou muito!

Dicas para evitar o estresse

O conselho mais importante parar reduzir o estresse é refletir sobre as causas que o estão provocando, para que, assim, você possa tomar decisões, mudar atitudes e começar a realizar atividades que consigam tranquilizar a sua mente. Mas como fazê-lo?

Massagens durante a gravidez:

As massagens, em especial no pescoço, ombros, cabeça e pés, são uma boa maneira de relaxar-se e descarregar tensões. Peça ao seu companheiro que lhe faça uma massagem antes de dormir.

Banhos relaxantes:

Você é das que sempre estão correndo? Procure ter um momento relax ao tomar banho, deixando a água quente cair nas áreas doloridas, produzindo um efeito calmante.

Descanse:

O mundo não acabará porque você não pôde terminar todos os afazeres que estavam pendentes para a semana. A sua saúde é muito mais importante, lembre-se de dormir de 6 a 8 horas diárias e adiar aquelas tarefas que não são prioridade.

Exercícios de relaxamento:

Já falamos sobre os benefícios do relaxamento e da respiração na gravidez, estes facilitam controlar sensações físicas e a tranquilizar a sua mente.

Inserting image...

Dedique um tempo a você:

Sentir-se bonita proporcionará a você otimismo e segurança, vestindo-se na moda e mimando-se; além de ajudar a suportar melhor todos as mudanças que o seu corpo sofrerá nestes 9 meses.

Delegue e compartilhe:

Converse com o seu companheiro ou familiares sobre as suas preocupações e tarefas pendentes, para que você possa receber ajuda e passar por isso juntos.

Alimente a sua alma com música:

Escutar a nossa música favorita nos desconecta do mundo exterior, nos relaxa, nos faz dançar e cantar.

Tempo de romance:

Muitos são os benefícios do sexo e alguns são: descansar, relaxar-se e fortalecer a relação com o seu companheiro.

Pensamentos positivos:

Procure realizar atividades que permitam esquecer os seus afazeres; saia com as suas amigas, viaje no fim de semana, vá ao cinema e ao teatro, etc.

Sorria:

O sorriso é a melhor terapia contra o estresse. O sorriso cria um estado de bem-estar psicológico, o qual afeta positivamente o funcionamento do organismo.

Exercite-se:

O exercício não só ajuda a nos manter em forma, mas, também, nos gera bem-estar e felicidade. Não se esqueça de consultar o seu médico sobre a intensidade e frequência do esporte que pode realizar.

Crie uma lista de produtos que precisa:

Lembre-se que não é necessário comprar tudo novo e nem cada coisa que você vê nas revistas ou comerciais, especialmente aquelas coisas que só serão usadas em poucas semanas. Pesquise com os seus familiares e amigos quais podem lhe emprestar e economize dinheiro.

Coma saudável:

Alimentar-se com comidas leves, saudáveis e sem presa, favorecerão a redução do estresse.

Em poucas palavras, o que você tem que aprender a fazer é: criar uma barreira ou bolha, onde você possa se afastar por uns momentos daquelas situações ou preocupações que produzem estresse.

Portanto, uma grande forma de fazê-lo é ocupando o seu tempo e a sua cabeça em outras atividades. Concentre-se no positivo e respire, você vai muito bem, acredite. Ame-se muito! Isso ajudará a sua saúde, a sua produtividade, a sua autoestima, as suas relações e o melhor de tudo, o seu bebê.