Causas e tratamentos do diabetes gestacional

diabetes-gestacao gestacao: como os níveis de açúcar do sangue podem afetar a gravidez?

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #maternidade, #cuidados, #saude, #gestacao

Acreditamos que a diabetes só aparece a partir de certa idade ou como consequência de maus hábitos alimentares, porém, existe a diabetes gestacional, a qual é um tipo de diabetes que aparece pela primeira vez durante a gravidez em mulheres que nunca padeceram desta doença e, em geral, aparece na metade do período de gestação.

As causas da diabetes gestacional estão relacionadas com a placenta, já que esta produz níveis altos de hormônios que inibem a ação da insulina nas células elevando o nível de açúcar no sangue. À medida que o bebê se desenvolve e aumenta de tamanho, a placenta acompanha esse crescimento produzindo mais hormônios que por sua vez eleva ainda mais os níveis de açúcar no sangue podendo afetar seu crescimento e bem-estar.

Os riscos da diabetes gestacional aumentam nas gestantes acima de 25 anos com histórico de diabete na família, ou que estejam com sobrepeso — índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30.

A diabetes gestacional não produz sinais ou sintomas perceptíveis, por esta razão, o exame para detectá-la faz parte dos exames pré-natais que o seu médico realizará. O exame de glicose ou glicemia de jejum tem características peculiares e é importante conhece-lo.

O exame serve para identificar os níveis de glicose no sangue e garantir que estejam dentro dos limites considerados normais. Com frequência é usado para diagnosticar ou acompanhar a diabetes.

O que acontece no exame de glicose ou glicemia de jejum?

Um profissional da saúde colhe uma amostra de sangue com uma agulha pequena. Ao introduzir a agulha extrai uma pequena quantidade de sangue que coloca em um tubo de ensaio ou frasquinho, é possível que você sinta um pequeno incômodo quando a agulha é introduzida ou retirada, mas é só isso.

Preparação para o exame de glicose

  • Tome uma bebida açucarada uma hora antes de realizar a extração da amostra de sangue.
  • Para este exame não é necessário estar em jejum.
  • Se os seus resultados mostrarem níveis de glicose no sangue mais altos do que o normal, você poderia precisar fazer outro exame em jejum.

O exame de glicose oferece risco à gestante?

Os riscos de um exame de sangue são mínimos. Talvez você sinta uma dorzinha por conta da agulha ou observe a formação de uma casquinha no local da picada.

É muito provável que o exame de glicose seja realizado durante o último trimestre da gestação, entre a 24ª e 28ª semana, já que é o período no qual esta condição pode ser identificada com maior clareza.

O que fazer em caso de diagnóstico positivo para diabetes gestacional?

O diagnóstico de diabetes gestacional pode ser um indicador de sobrepeso o que

acabaria resultando no parto realizado por meio da intervenção cirúrgica ou parto cesárea. Também, pode aumentar as probabilidades de que você sofra de pré-eclâmpsia; assim como hipoglicemia — baixo nível de açúcar no sangue.

Entretanto, esta condição é controlável e existem algumas recomendações para que a diabetes gestacional não afete a sua saúde nem a do seu bebê durante e depois da gravidez:

  1. Coma alimentos saudáveis.
  2. Faça exercício com regularidade.
  3. Monitore os seus níveis de açúcar.
  4. Tome insulina, se for necessário.

Depois de dar à luz, é possível que o nível de açúcar no sangue do seu bebê deva ser monitorado e, que você tenha que fazer um exame para saber se a diabetes desapareceu.

Como prevenir a diabetes gestacional?

Ao falar de prevenção desta condição diabética, você deve saber que não existem garantias, mas alguns hábitos saudáveis ajudam a evitá-la:

Mantenha-se ativa

Faça exercícios, com duração de pelo menos, 30 minutos durante a semana. O programa de yoga pré-natal que você está seguindo conta como exercício, caso esteja colocando em prática. Você, também, pode optar por fazer uma caminhada ou andar de bicicleta, o exercício ajuda a manter-se saudável durante a gravidez.

Consuma alimentos saudáveis

Escolha alimentos ricos em fibra, com baixo conteúdo de gordura e poucas calorias. Dê preferência às frutas, aos vegetais e aos cereais integrais. Tente consumir alimentos variados para atingir as suas metas sem descuidar do sabor nem da nutrição e preste atenção aos tamanhos das porções.

Como você pode ver, muitos destes cuidados preventivos são úteis não apenas para evitar a diabetes gestacional, mas, também, para que, em geral, a sua gravidez se desenvolva da melhor maneira possível. Não se esqueça de fazer todos os exames pré-natais exigidos pelo obstetra. Eles são fundamentais para o diagnóstico e tratamento da diabetes gestacional e garantia do bem-estar de mãe e filho.