Quantos meses são na 30ª semana de gravidez

O bebê, o peso e altura na 30ª semana de gestação

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #gravidez, #estagios, #desenvolvimento

Apesar dos incômodos da gestação, tente não perder o romantismo, durante a 30ª semana de gravidez dediquem tempo para estarem juntos; passear, namorar, ir ao cinema, aproveitar antes de se tornarem mamãe e papai.

Dentro de pouco tempo, não terão tempo suficiente para atividades em casal. Aproxima-se a reta final da gestação o seu tempo irá pertencer a uma única pessoa.


30ª semana de gestação: o seu corpo

  • Os mal-estares aumentam à medida que o útero cresce pressionando os seus órgãos;
  • A discreta falta de ar é devido ao fato de os pulmões armazenarem menos oxigênio;
  • A azia ocorre devido ao aumento da resistência à passagem do conteúdo do estômago para o intestino e, a prisão de ventre causada pela diminuição do trânsito intestinal;
  • Tente seguir ativa, isto vai ajudá-la. Nadar e caminhar, por exemplo, são excelentes maneiras de exercitar-se durante a gravidez;
  • Nesta época é quando o médico começa a procurar mais insistentemente os sinais de pré-eclâmpsia para detectá-la a tempo.

A pré-eclâmpsia se classifica como um dos transtornos hipertensivos da gravidez. Manifesta-se como inchaço significativo dos membros inferiores, no rosto ou nas mãos, o aumento de peso subitamente e, o aumento da pressão arterial. Aumenta o risco de complicações da sua gravidez e do parto, assim como da sua saúde geral.


30ª semana de gestação: o desenvolvimento do seu bebê

  • O seu bebê mede agora em torno de 37cm e pesa perto de 1700g;
  • A esta altura você poderia segurá-lo com facilidade nas suas mãos;
  • Dentro do ventre, já começou a procurar a posição adequada para nascer. Vê se pode, neste momento ele brinca com o cordão umbilical!
  • À medida que aumenta de tamanho ele se movimenta na barriga para acomodar-se melhor.

Vale lembrar que a evolução de crescimento do bebê varia principalmente considerando os fatores genéticos, recomendamos que você se atente para a semana anterior e posterior à semana que você se encontra atualmente, e, lembre-se o acompanhamento pré-natal com o obstetra é de extrema importância para saúde de mamãe e bebê.