Dicas para a 33ª semana de gravidez

A 33ª Semana e tomada de decisão sobre o tipo de parto

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #estagios, #parto, #gravidez, #bebe

A 33ª semana de gravidez é um bom momento para começar a se informar sobre o parto para tomar decisões conscientes e responsáveis sobre o nascimento do seu bebê.

Lembre-se que são decisões importantes para tomar com calma, com tempo, mais deixe as opções abertas já que o momento do parto com todos os seus sintomas pode fazer que você mude de opinião. Pensa sobre o que você quer quanto a calmantes, onde quer que seja realizado o parto, se você quer que alguém a acompanhe na sala de parto, etc.

Tudo sobre o parto na 33ª semana de gestação

Se o seu parto é normal pode escolher que seja praticado com ou sem anestesia. A epidural ou peridural é um anestésico local que permite a você ter um parto sem dor. Constitui uma técnica cujo objetivo é suprimir a dor local durante o parto.

A mãe passa o tempo todo consciente e vive com intensidade a experiência do parto. Além disso, a anestesia epidural permite uma melhor dilatação do colo uterino, diminuindo a intensidade das contrações, relaxando o músculo do útero. Além disso, atenua as probabilidades de partos complicados — distócicos — e os casos de sofrimento fetal.

33ª semana de gestação: o desenvolvimento da mãe

  • Tente seguir com uma dieta saudável e nutritiva, tenha em conta que ao final da gravidez você terá tendência de ganhar em torno de 500g por semana;
  • Em ocasiões, pelas alterações das articulações e como preparação para o parto, aparece dor no púbis (o osso anterior na pélvis) e no cóccix (a terminação óssea da coluna vertebral, perto do ânus);
  • Em relação ao exercício não o abandone ainda que, talvez, se sinta mais cômoda fazendo exercício físico na piscina ou fazendo só relaxamento;
  • Você está com os nervos a flor da pele, você se sente ansiosa e quer que o tempo passe rápido.

33ª semana de gestação: o desenvolvimento do bebê

  • O seu bebê mede agora em torno de 40cm e pesa perto de 2300g;
  • A gordura que cresce debaixo dos seus tecidos vai mudando a cor da pele que passa de avermelhado a rosado;
  • O bebê começa a se preparar para uma vida saudável fora do útero, armazena reservas de ferro no fígado.

Vale lembrar que a evolução de crescimento do bebê varia principalmente considerando os fatores genéticos, recomendamos que você se atente para a semana anterior e posterior à semana que você se encontra atualmente, e, lembre-se o acompanhamento pré-natal com o obstetra é de extrema importância para saúde de mamãe e bebê.