O que é o andar de pato na gravidez

Andar de Pato: Começando o terceiro trimestre

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #dicas, #gravidez, #saude

ANDAR DE PATO: COMEÇANDO O TERCEIRO TRIMESTRE

Inevitável ou evitável?

Como você já percebeu, ter um bebê é nadar em um mar de mudanças constantes e adaptações físicas, hormonais e emocionais. Muitas dessas mudanças serão visíveis e outras não, entre as primeiras estão aquelas relacionadas à sua postura ou maneira de caminhar.

O aumento do peso e dimensões do seu corpo provocará uma auto compensação corporal para manter o equilíbrio e a estabilidade. Esta adaptação da sua coluna vertebral, será o que pode causar dor e sobre o qual já falamos anteriormente. Por outro lado, também pode causar mudanças na sua postura e na maneira como você anda.

Em vez de falar com termos médicos que só irão confundi-la, sua postura será afetada pela nova posição que precisará ter para equilibrar o peso do lindo bebê que agora carrega em sua barriga. Esses efeitos aumentarão ao longo dos meses e apenas no terceiro trimestre, o famoso andar de pato pode aparecer.

O nome “andar de pato” surge por conta da maneira como você separa seus pés e balança o quadril ao caminhar, assim como um patinho faz. Esta maneira de caminhar é muito comum em mulheres grávidas e ocorre nos últimos meses de gravidez, pois traz uma sensação de alívio e compensa o aumento da massa corporal.

Se você quer saber se o “andar de pato” tem efeitos negativos sobre você ou seu bebê, sinta-se tranquila, porque esta nova postura de caminhada não afeta você, de fato, é um reflexo para aliviar as mudanças que está vivenciando, então não tem nada com que se preocupar.

Posturas que afetam o bebê

Isto não significa que quando andar na rua todos vão olhar para você, é totalmente normal que sua maneira de caminhar seja afetada pela gravidez. Em alguns casos, será muito perceptível e em outros não tanto, mas não há nada com que se preocupar, o mais importante é que se sinta confortável a cada passo que der.

Não existe tal maneira de controlar ou evitar o “andar de pato”, mas exercícios para fortalecer suas costas serão uma grande ajuda para lidar com esse estágio da melhor maneira. Se você tiver dúvidas sobre esses exercícios, verifique-os novamente aqui.

Também não é um sinal de que deve parar de andar ou andar menos, pelo contrário, quanto mais você fizer isso, mais você vai se exercitar e mais adaptada vai se sentir às mudanças que seu corpo está passando. Portanto, não tenha medo de dar os passos que você quiser.

Este sintoma também é um sinal de que você já está no trecho final da gravidez e que o momento de encontrar seu bebê está se aproximando cada vez mais. Então, em vez de se preocupar, mova-se e continue caminhando por esse estágio inesquecível que encherá sua vida de felicidade.