Desejo forte de urinar durante a gravidez

Seu bebê não será o único que precisa de fraldas!

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Sábado 1 Fevereiro, 2020 // #cuidados, #gestação, #saude

SEU BEBÊ NÃO SERÁ O ÚNICO QUE PRECISARÁ USAR FRALDAS

O que acontece com a sua bexiga na gravidez?

Você deve ter notado que, durante a gravidez, aumentou a vontade de ir ao banheiro para fazer xixi ou você passou a ter um ou outro inconveniente. Primeiro, queremos que fique tranquila: os alarmes que você começa a sentir ao ir ao banheiro são em virtude da incontinência que a gravidez pode causar. Isto é normal e mais frequente na última fase, uma vez que o útero e o seu bebê cresceram, aumentando a pressão na bexiga.

É comum querer urinar continuamente ou deixar escapar algumas gotas, mesmo ao rir, tossir, espirrar, carregar algo; quando houver esforço, esse tipo de incontinência é conhecido como "incontinência do esforço", pois os músculos da pelve não conseguem contrair-se o suficiente para reter a urina.

Mas não se preocupe: veja como controlar a incontinência. Você pode começar fazendo os "Exercícios de Kegel". Esses exercícios fortalecerão a região pélvica. Para fazê-los, primeiro a bexiga deve estar vazia, depois você deverá contrair os músculos do assoalho pélvico e mantê-los contraídos por 8 segundos. Em seguida, deverá relaxar os músculos e contar até 10 enquanto respira normalmente. Sugerimos que repita 3 séries de 10 a 15 repetições por dia.

Evite alimentos e bebidas com cafeína, frutas cítricas e álcool, pois eles contribuem para a irritação do estômago, que pode fazer com que você vá ao banheiro com mais frequência. Evite a prisão de ventre, consumindo fibras e bebendo muita água, pois as fezes duras podem exercer pressão sobre a bexiga e causar mais vazamentos de urina. Você também deve controlar o aumento do seu peso, pois quanto maior o peso, maior a pressão sobre a bexiga.

O importante é que você fique tranquila. Os especialistas sugerem que a incontinência deva ser encarada como uma condição natural durante a gravidez, pois na maioria das vezes se trata de algo temporário. Caso queira sentir-se mais segura, uma boa opção é usar algum tipo de protetor; o importante é que se sinta à vontade nessa importante fase da sua vida.

Isto não é motivo para sentir pena de si mesma. Leve isto com filosofia; como você pode ver, tudo tem uma explicação e faz parte da sua gravidez. Sinta orgulho disto. Assim como outras experiências durante a gravidez, aprenda a aproveitá-la e a comunicar-se constantemente com seu médico