Comportamentos agressivos ou violentos em bebês

Por que meu bebê é menos amigável do que os outros?

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Terça-feira 20 Outubro, 2020 // #cuidados, #desenvolvimento, #dicas

POR QUE MEU FILHO É MENOS AMIGÁVEL QUE OS DEMAIS?

Todos os bebês são fofos quando pequenos, mas alguns mudam de temperamento à medida que crescem. Isto é totalmente normal, uma vez que fatores ambientais e sociais estão formando seu caráter e dando forma à sua personalidade, que será única.

 

Condustas negativas en los niños

Na maioria das vezes, os traços que seu pequen@ manifestará serão totalmente normais, mas há casos em que deve prestar atenção especial, como se você começasse a notar uma personalidade hostil, que nunca deveria ser encorajada, mas corrigida. A primeira etapa é entender o que pode causar esses comportamentos: 

  1. Sua superproteção pode fazer com que seu filh@ sinta a frustração manifestada por meio de comportamentos negativos. Pensando nisto, é aconselhável dar um pouco de espaço ao seu bebê e deixá-lo ser mais independente, avaliando suas conquistas e adaptando rotinas às suas novas habilidades;
  2. A demanda excessiva também pode influenciar seu filh@ a ser hostil. A solução é estar atento às habilidades que seu bebê deve desenvolver de acordo com sua idade e apoiá-lo com paciência, caso tenha dificuldade de fazer ou parar de fazer qualquer coisa;
  3. Querer chamar a atenção também pode ser uma razão para seu comportamento negativo. Para identificá-lo, devemos responder às seguintes questões: Ele nos atinge quando não estamos prestando atenção nele? Estamos gastando tempo suficiente todos os dias? Mostramos alegría com suas realizações?;
  4. Um motivo complexo, mas real, está relacionado ao modo como seu filho vive em casa ou nos lugares onde passa a maior parte do tempo. Portanto, devemos estar atentos às cenas a que seu filh@ é expost@, seja por meio de discussões em família ou pelo conteúdo que ele assiste na televisão;
  5. A causa mais comum está relacionada ao desejo que seu filho tem de experimentar. Você só pode querer saber o que acontece se bater, gritar ou puxar alguma coisa, o importante é não alimentar estes comportamentos. Basta optar por dizer a ele, com calma, que isso não deve ser feito. A neutralidade de suas reações diminuirá o interesse dele em se comportar dessa maneira.

Como pode ver, a família é uma grande influência no desenvolvimento da personalidade das crianças. Por isto, você deve prestar atenção na forma como seu filh@ interage com as pessoas ao seu redor na maior parte do tempo.

A agressão é uma emoção inevitável, mas pode ser canalizada. Nunca devemos encorajar a violência como forma de manifestação – algo muito comum nas gerações passadas. Devemos sempre escolher alternativas para canalizar comportamentos hostis de forma positiva: jogar, praticar esportes ou se comunicar.

Seu exemplo também será fundamental nesta parte de seu desenvolvimento. Não se esqueça disto. Amor e paciência serão seus aliados para identificar a causa pela qual seu filho está se manifestando de forma negativa. Lembre-se de consultar o seu pediatra, em caso de dúvidas.

# 2D # 3D # 2-semana # 3-meses # acalma-lo # acucar # afeto # ágil # agilidade # alimentacao # alimentação # alimento # alimentos # amamentacao # amigos # amor # anemia # anestesia # ansiedade # apoio # aprendendo # aprender # arroto # asfixia # autoestima # bebe # bebê # bebe-recem-nascido # bebes # beleza # bem-estar # bolsa # brincadeira # cabelo # cadeirinha # calcio # calma # canal # cansaco # cansada # carinho # carrinho # casais # catapora # cefalica # celulas-tronco # cerebral # cesarea # cesaria # cesariana # cha-de-bebe # checklist # choro # coceira # colestase # colestase-gestacional # colicas # colostro # comemoracao # comida # compahia # complicacoes # comunicacao # contracao # contracoes # cordao # cordao-umbilical # corpo # cosmeticos # creche # crescimento # crianca # cuidados # data # defesas # dentes # dentista # depressao # dermatite # desejos-sexuais # desenvolvimento # desenvolvimento infantil # dicas # dieta # disciplina # disney # doencas # doencas-infecciosas # doente # dor # dores # dormir # ebook # ecografia # e-commerce # economia # eczema # educacao # emocao # emocoes # empreendedorismo # engravidar # episiotomia # estagios # estimulacao # estimular # estomago # etapas # exercicio # exercício # exercicios # expulsao # fala # familia # fases # fatiga # fator-rh # ferro # feto # ficas # figado # filho # filhos # finanças # forceps # formula # fralda # fraldas # futuri # gases # genero # gentileza # gestacao # gestação # gestacao-multipla # gestacoes # gravida # gravidas # gravidez # gripe # hemorragia # higiene # higieni # historias # humor # ikigai # incomodo # infantil # infeccao # inovação # introducao # iodo # irmao # licenca-maternidade # limpeza # linguagem # liquido # liquido-amniotico # loja # mae # mamilos # manchas # marketing digital # massagem # massagens # maternidade # medicacao # menina # menino # momentos # motoras # movimentos # mucoso # mudanças # mulher # mulheres # multipla # nariz # nasal # nascimento # naturais # natural # noite # nona # normal # nutrição # nutrientes # pai # parto # parto-multiplo # parto-natural # parto-vagina # passinho # paternidade # pele # peso # placenta # planejamento # planejamento financeiro # podcast # posicao # pos-parto # prematuro # pre-parto # presentes # propósito # puerperio # pulmoes # quantidade # recem-nascido # recem-nascidos # refluxo # relato # relaxoes-sexuais # repouso # respiracao # respirar # rh # riscos # rotina # roupas # sal # sangramento # sangramento-de-implantacao # sangue # saude # saúde # segundo # segundo-trimestre # seguranca # segurança # seios # semana # sensacoes # sentidos # sexo # sexual # sinais # sintomas # socializacao # solidos # sono # suplementacao # tamaho # tampao # tempo # tentante # tornar-se # trabalhar # trabalho # trabalho-de-parto # trabalho-parto # transicao # transplante # tratamentos # trauma # troca # troca-de-fraldas # ultrassom # unhas # urticaria # utero # vacina # vagina # varizes # veia # virus # vitaminas # vomitos