Mudanças de emoções na 6ª semana de gravidez

6ª Semana de gestação: mudanças de humor e o desenvolvimento do bebê

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #estagios

A angústia é um sentimento normal na 6ª semana de gravidez. Esta é uma etapa de grande incerteza onde a mulher enfrenta emoções contraditórias com variações entre alegria e tristeza. A gravidez causa isto em você, por isso, não se sinta culpada, o último que você precisa agora é sentir-se culpada por alguma coisa.

7ª Semana de gestação: nutrição

Um dos principais cuidados que a mulher deve ter em conta quando descobre a gravidez é a incorporação de uma dieta balanceada para o seu estado atual. A alimentação durante a gravidez é particularmente importante já que é um dos componentes chave para a saúde do bebê. Tenha em conta que o seu filho come através de você, ou seja, a sua alimentação determina os nutrientes que chegam até ele e os que não. Recomenda-se muito às novas mães que tenha em conta a variedade e a qualidade dos alimentos; isto ajudará que o seu bebê cresça forte e saudável.

O desenvolvimento do seu bebê depois de 6 semanas de gravidez

Neste período da sua gravidez, o embrião tem aproximadamente o tamanho de um pequeno botão, mede de 4 a 6 mm e é possível visualizar nele as extremidades e os olhos. Já parece um bebê! O ácido fólico que você está tomando é muito importante, já que ajuda o seu sistema nervoso, especialmente a medula espinhal, que continua crescendo a um bom ritmo e reduz a possibilidade de malformações.  O seu bebê agora começará a reagir ao tato, em parte porque já começou a conectar com os seus músculos.

Os órgãos e os membros estão em um período inicial de desenvolvimento e são sensíveis a certos medicamentos que podem atravessar a placenta facilmente. Vários estudos permitem detectar que a maioria das malformações que são produzidas nos embriões ocorrem entre as semanas 6 e 10. Este período dentro das etapas de gravidez é conhecido como o período embrionário.

Vale lembrar que a evolução de crescimento do bebê varia principalmente considerando os fatores genéticos, recomendamos que você se atente para a semana anterior e posterior à semana que você se encontra no presente momento, e, lembre-se o acompanhamento pré-natal com o obstetra é de extrema importância para saúde de mamãe e bebê.