Dicas para azia durante a gravidez

Azia na gravidez: principais causas e tratamentos

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gravidez, #saude, #cuidados

A azia é uma sensação comum no período da gestação. Na maioria dos casos, ela está ligada à passagem de líquidos do estômago para o esôfago, denominado refluxo gástrico. Os sintomas são mais acentuam-se ao deitar-se, tossir, agachar-se; podendo ser intensificar ao levantar peso ou ir ao banheiro.

As principais causas da azia na gravidez

A azia na gravidez é causada pelo aumento do útero e pelas alterações hormonais que ocorrem na gravidez.

Com o crescimento do feto, o útero passa a ocupar um espaço maior no abdômen. Isso atrapalha o esvaziamento do estômago tornando-o mais lento, o que facilita o refluxo dos líquidos entre o órgão e o esôfago.

Por outro lado, as alterações hormonais contribuem para que os músculos que separam esôfago de estômago — cárdias — sejam menos firmes, o que somado ao aumento da pressão favorece a passagem dos líquidos do estômago para o esôfago e, assim é produzida a sensação de azia. Este refluxo gastresofágico pode, inclusive, ser a causa do aparecimento de alimentos na sua boca sem que tenha sido feito esforço de vômito.

Apesar da frequência a azia na gravidez raramente é uma complicação grave, e, pode ser combatida com o uso de travesseiros para dormir, levantando aproximadamente 20 cm a cabeceira da sua cama, não usando roupas justas e deitando-se após 2 horas da sua última refeição.

Em ocasiões de muita dor a ingestão de antiácidos estomacais pode ser uma boa pedida, e lembre-se, ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.