Cuidados na gravidez

Vacinas e remédios na gestação

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #gravidez, #cuidados, #saude

A gravidez é um período no qual você vai ter muitas alegrias, mas, também, interrogações e até medos. É a criação de uma nova vida e, portanto, você deve se preparar para ter uma gravidez saudável e, em consequência, um bebê saudável.


Durante a gestação, o principal é fazer os controles médicos periódicos, sendo recomendável iniciar desde que for confirmada a feliz notícia da gravidez. Neles, você tem a oportunidade de dissipar qualquer tipo de dúvida, por mais boba que pareça. O obstetra está aí para isso e sempre é bom estar bem informados.


A etapa na qual o seu bebê está mais indefeso é durante os primeiros meses da gravidez. É recomendável que não faça viagens longas, utilize caminhos muito irregulares ou faça atividades físicas que suponham um grande esforço.


As vacinas que devem ser aplicadas na futura mamãe durante a gestação protegem o bebê de numerosas doenças.


Vacinas recomendadas para uma gravidez saudável são:

  • Vacina antitetânica
  • Vacina antidiftérica
  • Vacina antigripal

Não é conveniente a aplicação de nenhuma outra vacina, mas no caso de dúvida, consulte o seu obstetra.

Medicação e gravidez

É muito difícil que um medicamento não afete o seu bebê no ventre. A partir dos 7 meses, devem ser evitados especialmente os resfriados ou as gripes, porque uma boa respiração é muito importante no momento do parto. Se você tiver que utilizar algum medicamento, primeiro consulte o seu médico.


A melhor maneira de manter saudáveis tanto o bebê em caminho como a mãe, é com uma alimentação saudável. É fundamental que nesta etapa consumam grandes quantidades de ácido fólico, cálcio e ferro.


Durante a gravidez é provável que haja uma tendência a reter líquidos. Uma forma de desinchar as pernas e os tornozelos é deitar com os pés para cima, sejam apoiados sobre um travesseiro ou na parede, para que melhore a circulação.

Itens que devem ser evitados

Para uma gravidez e um bebê saudável, deve ser evitado o consumo de alguns alimentos, de álcool, cigarro ou cafeína, porque estas substâncias são muito perigosas para o seu bebê. Quanto maior for a quantidade destas substâncias no organismo da futura mãe, maiores são as possibilidades de que o bebê seja afetado. Isto pode produzir malformações e deficiência mental, no caso do álcool; baixo peso e abortos espontâneos, no caso do cigarro.