Gestação e música

Converse com seu bebê

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #bebe

A conversa mais bela do mundo

O ouvido do seu bebê estará completamente formado na 25ª semana de gestação, o que quer dizer que poderá perceber ruídos ambientais e reagir a eles com caretas e piscadas, ou franzindo a testa se os ruídos são fortes. Também, o seu ritmo cardíaco pode se acelerar com os sons bruscos.

Sabemos que você se emociona com esta notícia, mas o que o seu bebê escuta exatamente? Não é que escute claramente o que está acontecendo nem muito menos, já que ao estar dentro do útero, o líquido amniótico amortece o som. Entretanto, é possível diferenciar sons ambientais, inclusive pode chegar a reconhecer o seu tom de voz e, também, o do seu pai.

A partir do momento no qual o seu bebê começa a escutar, ele perceberá o batimento do seu coração, a palpitação das artérias, os sons do seu estômago, a sua voz e, em menor medida, o que acontece no exterior. O líquido amniótico, a pele, o útero e todos os tecidos filtram o ruído, fazendo que ao seu bebê cheguem mais ou menos uns 20 decibéis a menos do que acontece fora.

Para explicar melhor, damos um exemplo: Se o tráfego intenso gera uns 60 decibéis, o seu bebê só conseguirá perceber 40 desses decibéis. Isto quer dizer que, para que o seu pequeno a escute quando você lhe fale ou o seu companheiro, devem falar com a voz normal, pois se fala com a voz baixa ou sussurrando, gerará de 30 a 40 decibéis e, quase não poderá escutar.

A música, como já falamos, é um grande aliado para conectar-se com o seu bebê através do som, uma vez que relaxará os dois e fará com que curtam um momento incrível. Se você tem dúvidas sobre este ponto, pode voltar a ler o artigo no qual falamos sobre isso aqui.

Sem dúvida, falar com o seu bebê fortalecerá o vínculo entre vocês, por isso, procure lhe dizer coisas bonitas como o quanto o ama, o que está acontecendo na sua vida e como você está ansiosa por conhecê-lo e vê-lo por primeira vez.

Ele não só reconhecerá a sua voz como, também, perceberá o carinho das suas palavras.

Ler para ele, da mesma forma que escutar música, criará um ambiente auditivo que relaxará o seu bebê e o ajudará a familiarizar-se com a sua voz.

E, finalmente, antes de deixá-la sozinha com o seu bebê, queremos compartilhar algumas dicas para comunicar-se com o seu pequeno da melhor maneira:

  • Tente falar, ler ou escutar música com ele todos os dias.
  • Dê para o seu bebê um nome carinhoso se ainda não escolheu o seu nome, como coração ou meu amor. Se ele já tem nome, use-o para falar com ele.
  • Inclua o seu companheiro na conversa, assim como os outros integrantes da família, como avós e irmãos.
  • Leia os livros em voz alta, mas suave, sem gritar, com um tom calmo.
  • Se colocar, música use caixa de som e não fones, porque ao pô-los diretamente no útero, o som pode ser amplificado, o que pode afetar o seu bebê.
  • Antes de dormir, despeça-se; ao acordar, diga-lhe bom dia. Tente dividir com o seu bebê cada coisa, lembre-se que ainda que não entenda o que você diz, sentirá de maneira instintiva de que forma você está dizendo.

Cumprimente-o por nós. Desejamos à vocês horas e horas de música, leituras e conversas, que serão o início de uma relação cheia de amor entre você, o seu bebê e a sua família.