Sonhos na gravidez

Sonho Fora do Normal

Kimberly Clark Brand Mais Abraços // Quarta-feira 20 Maio, 2020 // #gestacao, #gravidez, #desenvolvimento, #filhos, #estagios

Já não sei o que é real e o que é sonho

No momento você está vivendo um sonho, um dos mais desejados na vida de qualquer mulher: ser mãe. E a melhor coisa sobre esse sonho é que ele está se tornando realidade. Mas e os outros sonhos, aqueles que te acordam no meio da noite e te deixam confusa sobre o que é real e o que não é?

A primeira coisa que você deve saber sobre esses sonhos é que eles são totalmente normais e fazem parte da sua gravidez.

Sua origem está no aumento de seus níveis de progesterona, já que esse hormônio afetará suas emoções; o impacto vai se resumir à maneira como seu cérebro processa as informações, resultando em sonhos muito mais vívidos e frequentes durante a gestação.

Não só os hormônios são o motivo desses sonhos, mas também os problemas para dormir, causados ​​pela vontade de ir ao banheiro, ansiedade e desconforto; são fatores para você lembrar-se muito claramente do que acontece em seus sonhos. Nós sabemos, parece loucura, mas não é; é apenas parte da sua gravidez.

Sem dúvida, o poder da mente também desempenha um papel importante nesta fase. Diz-se que durante a gravidez você passa por muito mais estresse e ansiedade do que costumava, o que afeta seu inconsciente e torna seus sonhos mais intensos ou gera pesadelos.

Como quase tudo neste mundo, os sonhos são positivos e negativos: alguns farão você sentir-se muito feliz, enquanto outros lhe causarão muita angústia. Portanto, é importante que você saiba como identificá-los e agir para que não a afetem mais do que o normal.

  • Se seus sonhos são toleráveis, mas são simplesmente mais "reais" e frequentes, tente novas posições para dormir e tente fazê-lo em uma programação constante.
  • Se você tem pesadelos que lhe causam angústia, você pode manter um diário de sonhos; talvez você fique aliviada ao trazer o conteúdo do sonho para a parte consciente do seu cérebro.
  • Se os sonhos fazem com que seja quase impossível dormir por causa de quão vívidos ou perturbadores eles são, considere a possibilidade de procurar um psicólogo.

Da mesma forma, tente focar nas coisas positivas relacionadas ao seu bebê. Imagine a primeira vez que você irá acariciá-lo, que verá seu rosto e ouvirá sua risada. Envolva também o seu parceiro, contando-lhe sobre as suas preocupações e o que te causa ansiedade; o simples fato de externar isso te deixará mais relaxada.

Controlar os sonhos é impossível e todas as teorias que afirmam dar conta de realizar isso não são cientificamente comprovadas; mas saber o que está acontecendo e compreender as causas a ajudará a reduzir a confusão que esses sonhos “reais” podem lhe causar. Além disso, isso é temporário. Quando sua gravidez terminar, seus sonhos voltarão ao normal. Portanto, hoje, antes de dormir, pense em todas as coisas bonitas que estão acontecendo em sua vida para que sua mente fique focada apenas nas coisas positivas e aquele sonho vívido a faça sentir-se mais feliz.